gallery/citros2ya

Benvindo ao Consultório 2 CV

Amortecedores - Monte V/ mesmo !

Caro Augusto Aguas
Aproveitando a maré de perguntas e respostas, agradeço que me informe se é necessário algum cuidado especial para mudar os amortecedores trazeiros, ou se pelo contrario é uma operação simples como aparenta.
Quais as recomendações?
Desde já os meus agradecimentos
José Pinheiro
_________________________________________________________
Caro Zé Pinheiro
A mudança de amortecedores traseiros não tem de facto dificuldade. Com uma chave de luneta (se é do Porto, chama-se 'de estrias') ou de caixa de 19 mm. (NUNCA use chaves de bocas, onde quer que seja, salvo se for indispensável) desaperte as duas porcas que seguram o amortecedor. Em seguida tem de retirar as anilhas, o que às vezes se torna dificil, porque estão muito justas no veio que segura o amortecedor. Se tiver dificuldade, rode-as, à mão, ou com um alicate de grifos (de pressão, no Porto) como que a desapertá-las que elas vêm pela rosca fora. Depois disso, puxe o amortecedor para fora, dos dois lados ao mesmo tempo. Não deverá ter dificuldade em extraí-lo. Depois, coloque o novo amortecedor, respeitando a orientação, ou seja: se tiver uma etiqueta ou inscrição a indicar 'top' ou 'dessus' claro que ficará para cima. Se não tiver inscrição alguma, encontrará certamente um 'ponto', na parte mais fina do amortecedor, que ficará PARA BAIXO. Estes cuidados, devem-se ao facto de estes amortecedores, trabalharem na horizontal e terem no interior um deflector, que é obrigatório ficar na posição exacta. A parte mais larga, ficará no chassis e a outra no braço de suspensão. Ponha as anilhas, aperte bem as porcas e já está... Se tiver algum problema, mande dizer.
Um abraço
Augusto
______________________________________________________________
Uma vez mais, aqui está uma explicação de "Mestre".
Qualquer dia, amigo Augusto, vai ter que fechar a "loja", uma vez que, com descrições tão pormenorizadas, será possivel a qual leigo, já não digo curioso, desmontar e montar um 2CV, sem ajuda.
Recomendo, vivamente, aos autores de paginas WEB, (Por Ex. Luis Amaral entre outros) que aproveitem todas esta minuciosas instruções, e claro com autorização do Augusto Aguas, adicionem aos vossos sites, um capitulo com todos estes esclarecimentos.
Mais uma vez, amigo Augusto, muito obrigado pelas indicações e recomendações transmitidas.
Cumprimentos
José Pinheiro
___________________________________________________________
Caro Dias Pinheiro
Agradeço as suas amáveis referências. E eu próprio vou publicar no meu site uma página com cópias, adaptadas, destes emails elucidativos. Isto quando tiver tempo disponivel, pois ando atarefado a fazer um apanhado e a publicar muito material que cá tenho e ainda algum que encontro na net, com 2cv e outros citroën pouco divulgados e até insólitos. Sem prejuizo de quem quiser publicar qualquer dos meus esclarecimentos, adaptados a uma página, para o que tem toda a minha autorização, pois trata-se de utilidades bicavalistas que convém sejam divulgadas. Assim talvez alguns mecânicos 'pimba' que para aí andam deixem de dar cabo dos nossos tão queridos e cada vez mais raros carrinhos.
Espero, entretanto, que os seus amortecedores fiquem bem montados.
Sempre ao seu dispor e da comunidade bicavalista.
Um abraço
Augusto